Feira Afonsina – Ciclo do Linho

O cultivo e trabalho do linho foram praticados desde tempos muito antigos por todo o país, constituindo talvez a principal fibra utilizada na confeção de vestuário e roupa de casa. Manteve ao longo dos séculos um caráter artesanal e caseiro, provendo sobretudo ao consumo familiar, ou então servindo para pagamento de rendas e foros.

A região de Guimarães sobressaiu sempre pela qualidade dos seus fios de linho, que eram procurados nas feiras e mercados e mesmo vendidos em Espanha e Flandres. Fermentões não era exceção e ainda até há poucos anos se podiam ver campos semeados de linho nesta freguesia.

Mais uma vez o Museu da Agricultura da Casa do Povo de Fermentões estará presente na Feira Afonsina com a exposição sobre os trabalhos do linho em Fermentões.Pretendemos mostrar como eram feitos esses trabalhos, àqueles que nunca os viram, e relembrá-los àqueles que já participaram neles, ou os conheceram noutros tempos.

Esta exposição conta com o entusiasmo e a colaboração de muita gente. É possível a apresentação não só das peças essenciais para as várias fases do trabalho mas ainda de miniaturas de alfaias e personagens que permitam a reconstituição de cenas, de modo a facilitar a compreensão do que eram esses trabalhos.banner2013_Feira Afonsina_027 2013_Feira Afonsina_045 2013_Feira Afonsina_073

Deixe uma resposta

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>